FC Porto vence Belenenses (3-0) de forma simples

FC Porto vence Belenenses (3-0) de forma simples

Danilo abriu a contagem aos 20 minutos, Soares voltou aos golos ao minuto 70' e Brahimi fechou a contagem cinco minuto depois

FCPorto-Belenenses-05Um golo de Danilo à passagem do minuto 20 abriu o marcador no jogo entre FC Porto e Belenenses, no Estádio do Dragão, partida da 28ª jornada que terminou com o triunfo portista por 3-0 , uma vitória tranquila e merecida em face da superioridade sempre incontestada do conjunto portista face à turma que viajou desde o Restelo, em Lisboa, até à cidade do Porto.

PUB

Para este jogo em que o FC Porto tinha a obrigação de vencer, sob pena de dar espaço ao rival Benfica na corrida pelo título, o técnico Nuno Espírito Santo apresentou um "onze" em que começou por se destacar a chamada do jovem André Silva ao "onze" titular, aparecendo na frente com Soares e Brahimi. No meio-campo, André André, Danilo Pereira e Oliver Torres procuraram anular o jogo da turma lisboeta, aparecendo ainda sobre o relvado do Dragão, à frente de Casillas, um quarteto defensivo formado por Maxi, Felipe, Boly e Alex Telles. No banco de suplentes ficaram como opções José Sá, Rúben Neves, Herrera, Corona, Diogo Jota, Otávio e Rui Pedro.

Do lado do Belenenses, o técnico Quim Machado chamou para o jogo frente ao FC Porto o guarda-redes Cristiano, os defesas João Diogo, Edgar Ié, Domingos Duarte e Florent, ainda Ahman Persson, Yebda e Vítor Gomes na linha média, formando depois um linha mais adiantada no terreno formada por Abel Camará, Diogo Viana e Fábio Nunes. Comparativamente com o jogo anterior dos "azuis" do Restelo ficavam assim de fora do "onze" titular Gonçalo Silva, que nem ao bando de suplentes foi, mas também Miguel Rosa, Juanto e Maurides, sendo chamados para os seus lugares Domingos Duarte, Yebda, Diogo Viana e Fábio Nunes.

FCPorto-Belenenses-01FCPorto-Belenenses-06FCPorto-Belenenses-03

Na sequência de um livre directo batido por Brahimi, ao minuto 37', apareceu André Silva a assistir Danilo com este a finalizar com total eficácia para o primeiro golo do jogo, colocando o FC Porto na liderança do marcador e deixando tudo ainda mais fácil para uma vitória que foi confirmada no segundo tempo. Ao minuto 70, e já depois de André Silva ter dado o seu lugar a Corona, este surgiu integrado no ataque do FC Porto a assistir para o golo de Tiquinho Soares, que assim pôde também ele regressar aos golos.

Com o FC Porto a vencer por 2-0 era evidente que o Belenenses não tinha capacidade para importunar o espanhol Iker Casillas, acabando essa convicção por ganhar ainda mais força cinco minutos quando Brahimi, ao minuto 75, converteu uma grande penalidade por falta de Domingos Duarte. O jogador argelino fechava assim a contagem do jogo em 3-0, deixando o conjunto azul-e-branco na frente da Liga NOS pressionando o Benfica e obrigando o rival da Luz a vencer o seu compromisso que será jogado amanhã frente ao Moreirense. Já o Belenenses, depois deste resultado negativo, deverá terminar a jornada no 12ª lugar, com 32 pontos, menos dois do que o Boavista e mais quatro do que o Arouca que nesta jornada empatou em casa do Paços de Ferreira.

texto: José Andrade
fotos: ©FC Porto 

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.