FC Porto triunfa em Braga com golo de Corona

FC Porto triunfa em Braga com golo de Corona

Aos seis minutos, Corona marcou o golo que daria mais três pontos ao FC Porto que conta por vitórias os jogos já disputados na Liga NOS

SpBraga-FCPorto-00Um golo de Jesus Corona bem cedo na partida, logo aos seis minutos, permitiu ao FC Porto uma importante vitória no terreno do Sporting de Braga (0-1) , triunfo que deixou os "dragões" na frente do campeonato em igualdade pontual com o Sporting depois de uma jornada em que Benfica e Rio Ave empataram entre si deixando "leões" e “dragões” isolados na frente do campeonato com 12 pontos, mais dois que benfiquistas e vilacondenses.

PUB

Em termos práticos, olhando para a forma como decorreu o jogo, o FC Porto foi a equipa que mais fez por vencer a partida, acabando por tirar partido do melhor futebol praticado. Brahimi assumiu o comando do jogo ofensivo da turma portista que teve em Danilo excelente "maestro" no meio-campo, em em Aboubakar e Marega dois constantes quebra-cabeças para a defesa da equipa bracarense. Marega, aliás, apesar de não ter marcado qualquer golo, foi dos elementos que mais lutou na frente da turma azul-e-branca, apoiando o jogo no meio-campo e garantindo sempre uma solução ofensiva perigosa para o sector defensivo do Sporting de Braga.

O golo de Jesus Corona ao minuto seis acabou por condicionar em muito o jogo do Sporting de Braga que se viu obrigado a procurar os caminhos para a baliza de Casillas deixando por diversas ocasiões brechas no seu sector defensivo, aproveitadas pela velocidade de Marega e o bom jogo ofensivo deste elemento mas também de Aboubakar, lançados por Danilo mas principalmente por Brahimi.

SpBraga-FCPorto-01SpBraga-FCPorto-02SpBraga-FCPorto-03

Do lado do Sporting de Braga, Xadas e Fransérgio foram sempre elementos de melhor rendimento, nomeadamente o primeiro, um jogador que aos 19 anos começa a surgir esta temporada como um dos elementos fundamentais da equipa às ordens de Abel Ferreira. Na frente de ataque, ao lado de Hassan, Paulinho primou sempre pela elevada velocidade que emprestou aos lances que protagonizou, mas faltou eficácia ao sector ofensivo bracarense que viria a incomodar pouco o guarda-redes Iker Casillas entre os postes da baliza do FC Porto. Seria aliás Matheus, porventura o homem do jogo na turma visitada, quem mais se evidenciou pelas situações em que impediu o FC Porto de dilatar a vantagem, ainda assim suficiente para a conquista dos três pontos.

Depois deste jogo, numa jornada em que o Benfica já tinha empatado o seu jogo em casa do Rio Ave (1-1), duas equipas que se encontravam na frente do campeonato, e após o triunfo do Sporting sobre o Estoril Praia (2-1), o FC Porto manteve-se assim na frente da Liga NOS, agora apenas com o conjunto de Alvalade a igualar nos 12 pontos já conquistados em quatro jogos disputados.

texto: José Andrade
fotos: reprodução ©Twitter

SpBraga-FCPorto-04SpBraga-FCPorto-05

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.