Sporting vence Feirense ao cair do pano

Sporting vence Feirense ao cair do pano

Uma grande penalidade convertida por Bas Dost ao minuto 90+07' permitiu aos "leões" um importante triunfo em Santa Maria da Feira

Feirense-Sporting-05Num jogo muito disputado até ao último minuto, o Sporting garantiu esta sexta-feira um importante triunfo frente ao Feirense, no Estádio Marcolino Castro, em Santa Maria da Feira , por 2-3, num jogo decidido através da transformação de uma grande penalidade ao minuto 90+07', convertida de forma imaculada pelo holandês Bas Dost, um golo que, para além de ter permitido aos leões somarem os três pontos, permitiu ainda à turma de Alvalade manter a liderança do campeonato com cinco vitórias em cinco jogos disputados.

PUB

Tendo entrado em campo com o estatuto natural de favorito à vitória nesta partida, o Sporting até começou por cumprir esse mesmo favoritismo quando, ao minuto 65' vencia por dois golos, mesmo depois de um primeiro tempo sem golos que deixava clara a dificuldade da turma de Alvalade perante um adversário que ainda não tinha conhecido o sabor da derrota no presente campeonato.

Jorge Jesus começou por escalar para este jogo uma formação sem grandes surpresas em relação ao “onze”, com Rui Patrício entre os postes, Piccini, Coates, Mathieu e Jonathan Silva no quarteto defensivo, quatro elementos no meio-campo onde se destacou a presença de William Carvalho e Battaglia, mas também os extremos Gelson e Acuña, no apoio aos dois elementos mais adiantados, Bruno Fernandes e Bas Dost.

Do outro lado, o técnico Nuno Manta Santos optou por chamar a jogo o guarda-redes Caio Secco, e ainda Jean Sony, Flavio, Bruno Nascimento e Kakuba na defesa, Babanco e Cris como médios com acções de maior contenção, e ainda Etebo, Tiago Silva e Edson Farias no apoio ao ponta-de-lança João Silva.

Ao contrário do que se poderia esperar, ao longo do primeiro tempo, até foi o Feirense quem esteve mais perto do golo, primeiro ao minuto 34', quando Rui Patrício defendeu o que parecia um golo certo de Etebo, e depois ao minuto 42', quando um erro de Mathieu deixou a bola à mercê de Edson Farias que só não marcou o golo inaugural da partida porque, ao fazer passar a bola por cima do guarda-redes do Sporting, levou a que o esférico passasse poucos centímetros para além do poste mais distante da baliza leonina.

Feirense-Sporting-01Feirense-Sporting-02

Com o jogo empatado ao intervalo, acabou por ser o Sporting a chegar à vantagem já na etapa complementar, primeiro através de Coates, através de uma recarga oportuna a um primeiro remate defendido pelo guarda-redes Caio Secco, aos 62' minutos. Três minutos depois, foi a vez de Bruno Fernandes, porventura o melhor jogador em campo, a fazer um chapéu perfeito a Caio Secco para o segundo golo do Sporting, numa vantagem que parecia ditar a vitória incontestada para a turma visitante. Porém, quatro minutos depois do golo de Bruno Fernandes, o Feirense pôde festejar o seu golo, agora apontado por João Silva ao minuto 69'. Na resposta a um pontapé de canto do lado direito, o ponta-de-lança da turma da Feira apareceu a cabecear a bola de forma determinada, batendo Rui Patrício.

O Sporting acusou o golo sofrido e, ao invés, a turma feirense cresceu, acreditando que seria possível pelo menos atingir a igualdade, algo que acabou mesmo por acontecer ao minuto 80, já depois de uma oportunidade perdida por Acuña que poderia ter resolvido logo ali o problema. Certo é que no futebol voltou a aparecer a máxima segundo a qual “quem não marca sofre”, acabando por ser o Feirense a fazer o 2-2 através de Peter Etebo. Edson Farias fez a assistência, Etebo ainda teve oportunidade de entrar dentro da área do Sporting e, com um remate cruzado, bateu Rui Patrício para o golo do empate.

Com o jogo empatado a dez minutos do final do tempo regulamentar, Jorge Jesus apostou tudo no ataque, fazendo entrar Doumbia e Iuri Medeiros por troca com Acuña e Alan Ruiz, numa equipa que conhecera até então uma só mudança quando Piccini saiu lesionado ao minuto 24'. Por essa altura, o treinador do Sporting teve que recorrer a Alan Ruiz, ficando por certo com uma dor de cabeça ao perceber que poderá ter que encontrar alternativa para as alas da defesa, nomeadamente se Piccini permanecer lesionado. Será bom recordar que também Fábio Coentrão está entregue ao departamento médico após lesão contraído ao serviço da Selecção de Portugal, tenho alinhado nesta partida Jonathan Silva.

Feirense-Sporting-04Sporting-Coates-01

O Sporting carregou no acelerador, pressionou o último reduto do Feirense, mas só no último dos seis minutos da compensação dada pelo árbitro Artur Soares Dias conseguiu tirar frutos disso mesmo quando Coates, dentro da área do Feirense, foi carregado por Luís Rocha dentro da grande-área em lance passível de ser punido com uma grande penalidade. Soares Dias assinalou o castigo máximo e, 07 minutos para além do tempo normal, o holandês Bas Dost converteu o golo que fechou o resultado do jogo em 2-3 favorável aos leões.

O Sporting garantiu assim uma vitória particularmente suada frente a um adversário que porventura até poderia ter conseguido mais, ficando a certeza de que a turma de Santa Maria da Feira terá ainda muito para dar e mostrar no presente campeonato. Já o conjunto leonino mantém a liderança do campeonato com cinco vitórias em igual número de jogos, podendo agora concentrar atenções no encontro da próxima terça-feira, dia 12, no terreno do Olympiakos em partida referente à primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

texto: Jorge Reis
fotos: reprodução ©Twitter 

Feirense-Sporting-03

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.