FC Porto vence Paços de Ferreira com goleada (6-1)

FC Porto vence Paços de Ferreira com goleada (6-1)

Ultrapassado o mau resultado de terça-feira frente ao Leipzig, os dragões voltaram a vencer agora frente ao Paços de Ferreira

171021-FCPorto-PFerreira-000A derrota do FC Porto em jogo da Liga dos Campeões na passada terça-feira foi "corrigida" este sábado no Estádio do Dragão, onde os pupilos de Sérgio Conceição golearam o Paços de Ferreira por um concludente resultado de 6-1, a marca mais expressiva em jogos da presente temporada para os dragões.

PUB

Com José Sá entre os postes pelo terceiro jogo consecutivo — Iker Casillas voltou a ficar no banco de suplentes como já acontecera antes no jogo da Taça perante o Lusitano de Évora e também no jogo da Champions em Leipzig —, cumprindo o técnico Conceição a promessa que havia feito de ser a fazer as suas escolhas num grupo de trabalho gerido por ele próprio e nunca de fora para dentro, o FC Porto tornou fácil a sua missão com uma exibição sem mácula, coroada com meia dúzia de golos frente a um adversário que durou pouco mais de 20 minutos.

Logo aos quatro minutos, Ricardo Pereira fez o primeiro golo para o FC Porto, deixando evidente que a equipa da casa estava determinada a mostrar aos seus adeptos que o episódio de Leipzig tinha sido isso mesmo... um episódio.

Curiosamente, o Paços de Ferreira ainda provocou alguma ansiedade no Estádio do Dragão quando, ao minuto oito, Welthon conseguiu repor a igualdade com um golo a partir de um remate de longe, batendo José Sá que não conseguiu interceptar a trajectória da bola antes desta se alojar no fundo das redes.

171021-FCPorto-PFerreira-001171021-FCPorto-PFerreira-002

Ao minuto 18, porém, o FC Porto voltou a adiantar-se no marcador, agora com um golo apontado por Felipe, e a partir dali o comando do jogo foi mesmo assumido por completo pelo FC Porto. Marega fez o terceiro e quarto golos, aos 25 e aos 33 minutos, garantindo que o FC Porto fosse para o intervalo com uma vantagem considerável.

Para os que pudessem pensar que o jogo ficaria por ali mesmo termos de resultado, a verdade é que os pupilos de Sérgio Conceição não reduziram a pressão sobre o adversário e puderam ainda apontar mais dois golos. Corona, aos 65 minutos, e Aboubakar, aos 72, fizeram os golos que selaram o triunfo portista por 6-1, num jogo em que o domínio e o controlo da partida foram sempre do FC Porto.

Líder do campeonato, a turma portista mantém-se assim na frente do campeonato da Liga Nos, independentemente do que fizer o Sporting na segunda posição, o único rival que poderia alcançar o conjunto azul e branco em face da diferença pontual. Sporting e Benfica, os rivais directos do FC Porto na luta pelo campeonato, só entram em campo este domingo, mas o FC Porto tem desde já a sua missão cumprida.

texto: Jorge Reis
fotos: reprodução ©Twitter 

171021-FCPorto-PFerreira-003

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.